Home Política SP pode acabar com obrigatoriedade de uso de máscaras em ambientes fechados

SP pode acabar com obrigatoriedade de uso de máscaras em ambientes fechados

281
0

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse que o uso obrigatório de máscara em ambientes fechados no estado deve ser reavaliado daqui a duas semanas.

Doria declarou que, até o dia 23 de março, “São Paulo poderá anunciar a liberação completa do uso de máscaras em todos os ambientes”.

"Se tudo continuar correndo bem, São Paulo poderá anunciar a liberação completa do uso de máscaras em todos os ambientes, em todas as circunstâncias", disse Doria. 

“Eu não estou anunciando, estou apenas antecipando que os dados, as indicações, o caminho está iluminado neste sentido”, completou.

A mudança, no entanto, depende de um parecer do comitê científico do governo, que deve ser elaborado até o dia 22.
o governo de São Paulo decidiu retirar a obrigatoriedade do uso de máscaras ao ar livre em todo o estado a partir desta quarta (9). Mas, em ambientes fechados, no transporte público e dentro das escolas, o uso permanece obrigatório.

O novo decreto foi publicado no início da tarde em edição extra do Diário Oficial desta quarta.

A gestão estadual também anunciou nesta quarta a liberação de 100% do público nos estádios de futebol.
Liberação em SP

A liberação das máscaras era estudada desde o final do ano passado pelo Comitê Científico que orienta a gestão de João Doria (PSDB).

Com a chegada e o avanço da variante ômicron, porém, o governo decidiu manter a regra, inicialmente prevista até o final de março. Desde a semana passada, porém, Doria já sinalizava com otimismo mudança na regra.

A medida também era analisada pela Prefeitura de São Paulo. Nesta segunda-feira (7), um estudo da Vigilância Sanitária municipal recomendou a liberação das máscaras em locais abertos na cidade, e a manutenção da obrigatoriedade do equipamento contra a Covid-19 em lugares fechados.

O estudo foi enviado pelo prefeito Ricardo Nunes (MDB) para o vice-governador Rodrigo Garcia (PSDB) e encaminhado ao Comitê Científico estadual.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here