Home Esportes Hamilton espera que FIA divulgue investigação do GP de Abu Dhabi

Hamilton espera que FIA divulgue investigação do GP de Abu Dhabi

260
0

Em consequência às polêmicas do GP de Abu Dhabi da Fórmula 1 em 2021, a Federação Internacional do Automobilismo (FIA) promoveu mudanças importantes, que incluem a saída de Michael Masi do cargo de diretor de provas. No entanto, Lewis Hamilton acredita que a entidade deve ir além e tornar pública a investigação sobre a prova que coroou Max Verstappen como campeão mundial.

  • Eu ainda não vi, mas estou animado para ver os resultados desse relatório. Espero que todos possam vê-lo e talvez ter uma melhor compreensão de tudo. Em última análise, isso é importante para entendermos onde estamos, para que possamos seguir em frente e de uma forma positiva – defendeu.

Segundo a FIA, o processo está sob o olhar de seu presidente recém-eleito, Mohamed Ben Sulayem, consultando as equipes e os pilotos da categoria. Espera-se que os resultados finais sejam divulgados em 18 de março, no fim de semana do GP do Bahrein, que abre a temporada 2022 da F1.

A corrida que encerrou o campeonato passado foi marcada por polêmicas devido ao não-cumprimento do regulamento que orienta a saída do safety car da pista e o realinhamento dos carros retardatários; sem a presença de cinco carros à frente, Verstappen ganhou espaço para ultrapassar Hamilton na última volta da corrida para conquistar a vitória que lhe garantiu o título mundial.

Além da saída de Masi do cargo de direção de provas, a FIA anunciou que a comunicação entre chefes de equipe e comissários não será mais feita de forma direta, e a adoção de uma sala virtual de controle de corrida em um escritório fora dos circuitos, como a arbitragem virtual (VAR) do futebol.

Chefe da Mercedes, Toto Wolff aplaudiu as mudanças promovidas pela entidade: para o antigo cargo de Masi, foram convocados Niels Wittich, ex-diretor de provas da DTM e o diretor do Mundial de Endurance Eduardo Freitas. Eles atuarão sob a supervisão de Herbie Blash, ex-vice-diretor de provas ao lado do falecido Charlie Whiting:

  • Certamente o papel de diretor de corrida não é fácil, mas será bom ter dois dois caras muito experientes lá. Nos últimos dois anos vimos uma interpretação dos regulamentos meio “freestyle”, então estou feliz com o que foi implementado pelo novo presidente. Houve muita discussão sobre o evento de Abu Dhabi, e pelas razões certas, porque como o GP terminou não é como um campeonato mundial deveria terminar. Mas a FIA trouxe boas novas estruturas e estamos felizes com isso.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here