Home Política Ao lado de Putin , Bolsonaro defende soberania

Ao lado de Putin , Bolsonaro defende soberania

266
0

O presidente Jair Bolsonaro e o presidente da Rússia, Vladimir Putin, fizeram uma declaração à imprensa, após uma reunião no Kremlin. Em sua fala, Bolsonaro defendeu a soberania de países e o empenho pela paz.

A viagem oficial de Bolsonaro acontece em um momento em que a Rússia está no centro de uma crise diplomática internacional. O país liderado por Putin movimentou milhares de tropas na fronteira com a Ucrânia, o que foi visto pelas potências do Ocidente como ameaça de invasão.

O encontro de Bolsonaro com Putin já estava marcado antes da escalada da crise. Para analistas políticos, o presidente brasileiro tenta inflar sua imagem posando ao lado de um poderoso líder global. Por outro lado, veem o risco de, assim, o Brasil desgastar sua imagem com aliados históricos e poderosos, como os Estados Unidos e a União Europeia, opositores de Moscou.

Nos dias que antecederam a viagem, o governo brasileiro ressaltou que a questão da Ucrânia não seria o foco da visita a Putin. Em sua fala ao lado do presidente russo, Bolsonaro não mencionou a crise diplomática.

“Senhor presidente, compartilhamos de valores comuns, como a crença em Deus e a defesa da família. Também somos solidários a todos aqueles países que querem e se empenham pela paz”, disse o presidente brasileiro.
Laços comerciais

Bolsonaro enfatizou que o Brasil tem interesse em ampliar as trocas comerciais com a Rússia.

Ele ressaltou o setor dos fertilizantes russos, importantes para o agronegócio brasileiro. E lembrou que os russos têm interesse em proteína animal do Brasil.

O presidente ainda disse que deseja aprofundar a relação com a Rússia na área de óleo e gás em temas como exploração em águas profundas e hidrogênio.

“Atribuímos elevada prioridade à dinamização da aliança tecnológica entre Brasil e Rússia”, declarou.

Fala de Putin

O presidente russo também defendeu a ampliação das relações comerciais com o Brasil. Ele lembrou da parceria nos Brics, por exemplo, grupo que reúne, além de Brasil e Rússia, China, Índia e África do Sul.

“Sem dúvida, continuaremos com a cooperação no âmbito dos Brics”, disse Putin.

Ele também citou, como exemplo de laços entre os países, a escola do Teatro Bolshoi em Joinville. Putin prestou condolências a famílias de Petropólis, atingida por fortes chuvas que causaram dezenas de mortes.

Em um momento de sua fala, Putin manifestou “firme compromisso com o multilateralismo e resolução de conflitos por meios diplomático e político”.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here