Home Política Governo de SP coloca estado na fase vermelha

Governo de SP coloca estado na fase vermelha

462
0

Após mais uma semana de piora nos indicadores da Covid-19 em São Paulo, a gestão João Doria (PSDB) anunciou regras mais restritivas de isolamento social, e determinou que todo o estado fique na fase vermelha do plano de flexibilização econômica aos finais de semana e feriados. Nos dias úteis, a fase vermelha valerá das 20h às 6h.

Nela, apenas serviços essenciais como padarias, mercados e farmácias, podem operar. Bares, restaurantes e comércio não poderão funcionar.

Governo de SP diz que leitos de UTI podem acabar em 28 dias e anuncia reabertura de Hospital de Campanha de Heliópolis.
Na capital paulista, a medida entra em vigor já no feriado da próxima segunda (25), aniversário da cidade. Para as demais regiões, será feita nos finais de semana dos dias 30 e 31 e 06 e 07 de fevereiro.

No entanto, o coordenador Executivo do Centro de Contingência da Covid-19, João Gabbardo, pediu que a população não espere segunda-feira (25) para começar as cumprir as medidas mais rígidas.

“Algumas medidas poderão ser implementadas nos próximos dias adicionalmente às que estamos tomando hoje. Se os indicadores não melhorarem, se as pessoas não mudarem o seu comportamento, como por exemplo, não vamos esperar 2ª feira para começar a cumprir com as medidas hoje anunciadas. A partir de agora as pessoas já devem ter a preocupação de reduzir ao máximo tudo aquilo que pode aumentar a transmissibilidade da doença. Não fiquem esperando decreto. Não fiquem esperando as ordens do governo.”, disse Gabbardo durante uma coletiva de imprensa

Cinco novas regiões regrediram à fase vermelha, na qual permanece Marília.

A capital paulista e a Grande São Paulo, além de outras três que estavam na amarela, passaram a ficar na fase laranja, que veta o funcionamento de bares. As demais regiões, que já estavam na laranja, não sofreram mudanças.

No início de janeiro, o governo fez alterações nas regras de funcionamento da fase laranja, e a tornou mais permissiva.

Desde o início do ano, o governo paulista tem feito reclassificações semanais. No final de 2020, a gestão estadual chegou a colocar o estado na fase vermelha durante as festas de final de ano para tentar evitar aglomerações e, consequentemente, os riscos de contaminação.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here